Desembarque do PMDB e breve Análise de dados

Desembarque do PMDB e breve Análise de dados

publicação de Tiago F. Pimentel.

53 min

Não serão dias fáceis para o PMDB. Sua movimentação tendeu a ser vista como oportunista, com vários de seus caciques costurando acordos e manobrando regimentos na tentativa de salvar-se a qualquer custo. A impressão que fica desta movimentação de hoje é que o PMDB deixa o PT para tentar não deixar o governo. A se julgar pela reação da rede, não será tarefa simples.

Tiago F. Pimentel9 h

Desembarque do PMDB: Breve análise de dados – Twitter

Termos pesquisados: Temer, PMDB, ‪#‎RenunciaTemer‬ e ‪#‎TchauQuerida‬

Dados entre 09h e 20h

Azul – representa 31,30% da rede

Concentra a grande imprensa e a oposição ao governo federal. Em tempos ‘normais’ a grande imprensa tende a formar uma rede à parte. Neste cenário, porém, encontra-se completamente fundida ao cluster de oposição ao governo federal. Repercutiu a notícia do rompimento oficial do PMDB com governo Dilma. A oposição deu as boas vindas ao PMDB e embarcou na hashtag #TchauQuerida.

Vermelho – representa 29,21%

Principal rede de apoio ao governo federal, concentra boa parte da militância petista e a blogosfera progressista expandida. Denunciou manobras de Eduardo Cunha e traçou a trajetória de Temer, de ‘constitucionalista’ a ‘golpista’, ‘assim ele entrará para a história’. Embarcou na #RenunciaTemer, principal hashtag do dia.

Verde – representa 21,91%

Por fora da polarização, uma rede heterogênea, jovem, com tendência progressista onde a sátira e o humor deram o tom. Curioso é que peemedebistas como Cunha, Katia Abreu e o próprio Michel Temer tenham sido trazidos para dentro desta rede, a mais zoeira do dia. Todos tiveram tweets antigos ressignificados, quase sempre para apontar o oportunismo do partido.

Uma outra rede merece destaque. Em amarelo, composta pela imprensa internacional, com forte peso da América Latina, representou 7,13% da rede.

Não serão dias fáceis para o PMDB. Sua movimentação tendeu a ser vista como oportunista, com vários de seus caciques costurando acordos e manobrando regimentos na tentativa de salvar-se a qualquer custo. A impressão que fica desta movimentação de hoje é que o PMDB deixa o PT para tentar não deixar o governo. A se julgar pela reação da rede, não será tarefa simples.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s